terça-feira, 11 de maio de 2010

Já estamos separados



Eu sinto,
Na alegria com que se divertes na tv
Com o tempo que descansas em nossa cama
Na resposta automática,
retribuindo,
ao dizer que, também, ainda me ama
E talvez pelo costume
ou a certeza de que o outro sempre estará lá
o carinho, o sorriso, a atenção ficam sempre para depois
Será que "o depois", logo depois ainda existirá?
E dentro de mim um tipo de amor ágape
nos une, e me encoraja
Não desgrudamos
e estamos sempre lado a lado
mas, no fundo...
Eu sinto,
que já estamos separados!

Um comentário:

Mila disse...

Olá Jal!
Quando o amor ágape num relacionamento entra em cena, deixando o eros de lado, é separação mesmo...
Bjs da Mila